CURIOSIDADE - Terremoto/Tsunami no Japão, tem Cobertura?

18 de março de 2011

CURIOSIDADE - Terremoto/Tsunami no Japão, tem Cobertura?

Data de Publicação: 20 de maio de 2019 11:45:00

Contêineres varridos pelo tsunami na cidade de Sendai

No último dia 11 um terremoto de 8,9 graus de magnitude atingiu o arquipélago do Japão gerando um tsunami (onda gigante com um potencial destrutivo) de até dez metros de altura, que varreu o país a partir da costa, matando muitas pessoas e causando destruição. Devido a este trágico fato surge uma pertinente dúvida: Meu seguro de Transporte cobriria minha carga?

A resposta é sim. Claro que vários fatores devem ser avaliados como Incorterm da Operação, Cobertura Contratada do Seguro, etc.

Vamos dar de exemplo: uma importação EXW, onde a carga já estava em trânsito, ou seja, já era responsabilidade do importador e com Seguro contratado na Cobertura Ampla A. Se a carga fosse atingida e consecutivamente avariada teria cobertura normalmente no Seguro de Transporte.

Veja que a Cobertura Ampla A restringe-se a dizer que cobre os prejuízos em conseqüência de causas externas e não cita claramente quanto ao terremoto. Porém a Cobertura Restrita B (que é inferior a Ampla A), faz referência à tal acidente. 

COBERTURA AMPLA A

1. Riscos Cobertos

1.1. A presente cobertura garante ao Segurado os prejuízos que venha a sofrer em conseqüência de todos os riscos de perda ou dano material sofridos pelo objeto segurado, descrito na apólice ou averbações, em conseqüência de quaisquer causas externas, exceto as previstas na cláusula 2 (PREJUÍZOS NÃO INDENIZÁVEIS).

COBERTURA BÁSICA RESTRITA B

1. Riscos Cobertos

1.1. A presente cobertura garante, ao Segurado, os prejuízos que venha a sofrer em conseqüência de perdas e danos materiais causados ao objeto segurado descrito na apólice e averbações, exclusivamente por:

[...]

l) terremoto ou erupção vulcânica; e

 

Desta forma é possível verificar que o Seguro está presente em toda parte, seja para ressarcir o valor de uma mercadoria, seja para reconstruir os danos causados pela tragédia, seja para ofertar cobertura para tranqüilizar quem ainda não havia se dado conta dos riscos da sociedade moderna.

 

Equipe Maxium Seguros

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário